Aberto Segunda - Sexta 08:00-18:00
E-mail [email protected] Ligue Agora! (11) 2381-8759

40% do seu Resíduo Doméstico Pode Virar Adubo

Dados Sobre os Orgânicos

Segundo dados do IPEA (Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas), cerca de 60% dos resíduos gerados nas residências brasileiras são orgânicos, tanto de origem animal quanto vegetal, sendo que os destinos mais comuns para estes resíduos são os aterros e lixões. Porém, poderíamos evitar que 40% dos resíduos domésticos tivessem este destino equivocado e ultrapassado, utilizando-se da reciclagem descentralizada, através do processo de compostagem doméstica.

O Que Posso Colocar na Composteira?

Mas quais resíduos podem ser adicionados a composteira domésticas e quais não podem?

Uma dúvida bastante comum em relação ao processo de compostagem doméstica é o que pode ser adicionado à composteira e o que não pode. No nosso dia a dia, em casa, produzimos diversos alimentos que geram sobras que não são consumidas, como cascas de frutas e legumes, cascas de ovos, etc. Parte deles pode ser transformada em adubo orgânico de alta qualidade em nossa própria casa. A composteira doméstica será o local de valorização do resíduo orgânico, ou seja, onde processo natural de degradação orgânica ocorrerá. De forma prática criamos um guia para o manuseio dos resíduos, veja abaixo:

Através da tabela acima, notamos que, basicamente, são os resíduos de origem vegetal que podem ser reciclados através do processo de compostagem doméstica, enquanto os de origem animal ou industrializados, não. Simples, não é? Agora que já sabemos manusear nossa composteira doméstica, mãos à obra! Vamos fazer a nossa parte! Vamos evitar que o lixo orgânico vá para os aterros sanitários, causando a poluição de lençóis freáticos e produzindo um gás 20 vezes mais tóxico que o monóxido de carbono. O planeta e seu bolso agradecem!